trends

Tendências

A CONCRETA 2019 pretende promover novas tendências e impulsionar a área da construção, da arquitetura, do design e da engenharia do futuro no contexto nacional, tendo ainda em vista os mercados externos, apresentando novidades técnicas e tecnológicas, novas soluções e novos materiais. Assim, nesta edição, o evento destaca a arquitetura colaborativa e a economia circular.

A CONCRETA irá abordar a arquitetura colaborativa. Este conceito vem dar espaço a colaborações entre arquitetos, de diversos países, com diferentes visões e em alguns casos simbioses perfeitas entre jovens arquitetos e os mais experientes, mas também entre os arquitetos e os profissionais de outras áreas complementares à arquitetura.

Acreditamos que “cada vez mais, teremos menos espaço para o trabalho individual e muito mais a lógica do coletivo, do colaborativo e da co-criação presentes na geração de valor de organizações de todos os portes nos mais variados segmentos.”

Outro tema central será o da economia circular que se baseia num sistema de produção e consumo que promove o uso sustentável dos recursos, em ciclos fechados energizados por fontes renováveis, regenerando o capital natural e assegurando o progresso social. O conceito rejeita a constante extração, transformação, consumo e descarte intensivos dos recursos naturais, gerando resíduos. Atualmente a ideia cativa cada vez mais pessoas, entidades e empresas, que colocam a sua experiência e competências ao serviço do ambiente, das pessoas e da economia. Com este tema pretende-se reforçar o debate, ser inspiradores, encorajar a mudança e acelerar a transição.

Os arquitetos podem e devem limitar o impacto ambiental que a construção tem sobre as mudanças climáticas. Existe a necessidade de estender o conceito de sustentabilidade à atividade corrente da arquitetura, transformando-o numa preocupação efetiva e permanente, começando por ações que possam ter repercussão no dia a dia dos cidadãos. Consideramos que otimizar recursos naturais para minimizar o impacto das construções sobre o meio ambiente e seus habitantes é um grande desafio para os arquitetos!

O futuro desenha-se aqui.

 “It’s time for architects to choose ethics over aesthetics”

NEWSLETTER